quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Aparição do homem no Planeta.


Luzia, 11 mil anos. Em exposição no Museu nacional, RJ.

Cerca de 200 mil anos. Alguns datam 120 mil anos na África. A forma como se expandiu pelo mundo ainda é uma controvérsia, mas o fato é que devido aos estudos mais recentes da genética, sabemos sim que a África foi o berço da humanidade e que todos nós que hoje habitamos o planeta somos da mesma "raça". Independente de cor da pele, olhos ou do que quer que seja. Estudos no Brasil comprovam que nosso primeiro ancestral encontrado data de 11 mil anos, aproximadamente à época da revolução agrícola, quando o homem começa a fixar-se na região e abandona o nomadismo. A técnica passa a ser empregada não somente para produzir ferramentas, mas também para o cultivo de vegetais, que mais tarde são como chaves para a construção de cidades, onde o homem começa a comercializar os seus excedentes.

2 comentários:

kariXD disse...

Bah... essa é ótima para os racistas de plantão! Vou até postar nomeru blog!

Geografia Atualidades disse...

Veja que o racismo é uma coisa extremamente ignorante! Viva a ciência!