quarta-feira, 23 de abril de 2008

Terremoto ou abalo sísmico.

Um abalo sísmico ontem (22/04/2008) foi sentido as 21:00h em quatro estados brasileiros, sendo eles São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná. Os sismógrafos registraram 5,2 na escala Richter (que considera valores entre 5 e 6 como sismos moderados). Nós achavamos que no Brasil não seriam possíveis fortes abalos sísmicos vemos a cada dia a nossa teoria ir por terra. Literalmente. No fim do ano passado um terremoto no norte de Minas Gerais causou a primeira vítima fatal no Brasil.
O que observamos é que essa atividade não pode simplesmente ser desprezada por nós.
O quê é abalo sísmico? A movimentação das placas litosféricas ao longo do tempo geram tensões que vão sendo acumuladas. Até que um dia essa tensão atinge o limite de resistência das rochas e ocorre a ruptura quando as vibrações se propagam em todas as direções. A ruptura chamamos de falha geológica. O ponto de início dessa ruptura chamamos de hipocentro, e o ponto acima desta, num plano paralelo à superfície chamamos de epicentro. Desta vez o epicentro foi a 215 km da costa do estado de São Paulo. Como o Brasil ocupa grande parte da área estável da placa Sul- americana, era considerado assísmico, mas desde 1970 constantemente vemos que não podemos negligenciar este fato. O maior sismo no Brasil ocorreu em 1955, medindo 6,2 na escala Ricther a 370km ao norte de Cuiabá, MT. Existem áreas bem sísmicas como a contida entra os estados do Ceará e o Rio Grande do Norte. Os estudos ainda são insuficientes para a detecção e prevenção de um possível tremor. Terremoto é o nome mais específico dado quando ocorrem transtornos a população, destruição entre outros fatores de risco, mas abalo sísmico e terremoto são efetivamente a mesma coisa.

Um comentário:

Michelle disse...

Eu gostaria de saber quais cursos/faculdades eu poderia fazer relacionado a abalos sísmicos!